quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

LIGA DOS CAMPEÕES VENHAM OS PRÓXIMOS POIS ESTES LEVARAM OLÉ..OLÉ...OLÉ...



FC PORTO 2 - ARSENAL 0

Já com o apuramento assegurado para os oitavos-de-final, o FC Porto (tal como o Arsenal) somou a quarta vitória na competição, manteve a tradição de nunca perder em casa com ingleses e ainda repetiu os feitos de 1996/97 e 2007/08, épocas nas quais conseguiu o primeiro lugar da respectiva 'poule'. Os 'azuis-e-brancos', com os golos de Bruno Alves (39 minutos) e Lisandro Lopez (54), foram ainda capazes de impor ao Arsenal a primeira derrota na Champions nesta temporada, assim como desforrar a pesada derrota em Londres por 4-0.


2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Vitória justa, indiscutível, que podia ter sido por números superiores.

Foi um bonito espectáculo com duas formas e dois modelos de jogo, completamente distintos.
Na primeira-parte, o modelo do Arsenal, baseado na posse de bola, na recepção em movimento, na qualidade do passe e que está tão sistematizado, que independentemente dos jogadores, funciona sempre, levou vantagem e o resultado - 1-0 para o F.C.Porto - era injusto para os ingleses.
Na segunda-parte, impôs-se o modelo do F.C.Porto, baseado nas transições rápidas -contra-ataque.
Foi melhor o Tricampeão português, na segunda-metade, que o Arsenal na primeira e com melhor finalização, mais tranquilidade e melhor qualidade, no último passe
- como me lembrei do passe precise do Robson - podia perfeitamente, ter vingado o resultado do Emirates Stadium.
Para a melhoria significativa do F.C.Porto, contribuiu e muito, a extraordinária partida de Fernando no segundo-tempo. O jovem trinco brasileiro - bem a desarmar, mas muito mal a passar, nos primeiros 45 minutos -, que tinha sido um dos elos mais fracos e contribuído mais, para o frouxo primeiro tempo, como que sofreu uma metamorfose - isso demonstra caracter, raça, de quem não se deixa abater - embalou para uma exibição notável, carregou a equipa às costas, melhorou a qualidade do passe e foi para mim, o grande responsável pelo magnífico segundo-tempo portista.
Agora no sorteio de 19, espero que não nos saia o Chelsea, R.Madrid ou Inter. Os outros é 50/50.
Um abraço

José Campos disse...

foi uma vitória mais do que justa num jogo em que podiamos ter marcado mais do que dois golos e por sinal ter feito uma pequena vingança a esta equipa inglesa que veio ao dragão sem vontade de ganhar.
o arsenal veio ao dragão com o pensamento no segundo lugar no grupo porque deixou em casa alguns dos seus titulares.
só o futuro o dirá se foi bom termos ficado em primeiro no grupo ou não...
perante o grande leque de adversários que nos podem calhar em sorte eu aponto para jogarmos com o inter, que por sinal é treinado pelo mourinho que quase todos os anos joga contra o nosso fc porto...
abraço

a nação azul e branca

http//anacaoazulebranca.blogspot.com