domingo, 15 de maio de 2011

Somos campeões imbatíveis.


O FC Porto concluiu o campeonato nacional a vencer, como aconteceu durante quase toda a temporada. Os Dragões conseguem a proeza de terminar as 30 jornadas invictos, tendo apenas cedido três empates e conseguido uma série impressionante de 27 vitórias. A vítima foi o Marítimo, que cedeu por 2-0, com belos golos de Varela e Walter.

2 comentários:

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem esta equipa 2010/2011 escreveu mais uma linda página da história do nosso clube. Fizeram um campeonato notável, e com todo o mérito conseguimos o ambicionado "resgate" do título que por linhas travessas nos foi dificultada a conquista na época transacta.

21 pontos de vantagem sobre o segundo classificado resume a época. Fomos implacáveis e vencemos com toda a justiça este campeonato, sem qualquer derrota. Fica o sabor amargo de 3 empates. Um diante do V. Guimarães por demérito nosso. Um em Alvalade fruto de uma arbitragem vergonhosa de Jorge Sousa, e outro diante do Paços com mais uma arbitragem vergonhosa do palhaço "Cómico" Machado.

Agora, a equipa tem como diz o Futre estar "concentradissima". Na quarta-feira temos uma Liga Europa que sonhamos conquistar e respeitando o Braga e com muita humildade e garra, poderemos vencer e fazer mais uma vez história a nível europeu.

Abraço e bom domingo

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com

Dragaopentacampeao disse...

Época de sonho sem dúvida alguma!

Mais um objectivo alcançado, num estádio sempre difícil. Campeões invictos, pela primeira vez!

Não há adjectivos capazes para classificar este momento histórico.

O jogo não foi um bom espectáculo de futebol, face ao ritmo de treino e quiçá ao instinto de defesa de alguns atletas, salvaguardando o mais possível a presença nas finais que se avizinham, muito mais importantes que a manutenção da invencibilidade. Não fora a bela exibição de Beto, na segunda parte e talvez esse desiderato não teria sido conseguido.

Relevo naturalmente a atitude dos atletas tendo em conta a sua predisposição para se aplicarem nos dois próximos confrontos, que espero, sejam para festejar.

Eu confio muito nesta rapaziada!

Um abraço