domingo, 7 de fevereiro de 2010

FUTEBOL - 18ª JORNADA ÉPOCA 2009/2010


Fotos : Pedro Blue
FC Porto 3 - Naval 0
Este jogo foi realizado debaixo de uma chuva intitulada de «molha-tolos», mas valeu bem apanhar a molha, visto que nem todos foram «tolos» mesmo sem Fernando que no aspecto defensivo é um pouco melhor que Tomás Costa, Hulk e Raul Meireles, Farias, e Rodriguez o FC Porto venceu a Naval 1º de Maio por 3-0 e a missão foi cumprida. Quem não arrisca não petisca, Tomás Costa arriscou e muito bem, sendo bastante atrevido no ataque portista e por muitas vezes transfigurando-se mesmo, e o seu esforço teve frutos, inaugurou o marcador com um golo de livre indirecto aos 37 minutos, os portistas foram para o intervalo livres de pressão. Na segunda parte, em nove minutos, os dragões marcaram os dois golos que fixaram o resultado. Aos 79 minutos, Falcão fez o 2-0 e Varela, aos 88 encerrou o marcador. Com esta vitória, os Dragões ficam com 39 pontos, a sete do líder Benfica e a três do Sporting de Braga.


1 comentário:

Dragaopentacampeao disse...

Estamos numa fase em que todas as vitórias são importantes, face ao atraso na classificação.

Mais que as exibições, os resultados são determinantes.

Por isso, o meu grau de exigência é um pouco menor, satisfazendo-me com as vitórias, condição única para alimentar o sonho do bi-pentacampeonato.

Não tendo sido uma exibição de encher o olho, como contra o Sporting, a exibição portista frente à Naval, foi diversa, alternando momentos de futebol pouco apelativo com outros de fulgor futebolístico.

Frente a equipas demasiado defensivas, as dificuldades são mais evidentes. Contudo, devo realçar a atitude da equipa que, inteligente e pacientemente pôs em prática o rolo compressor que haveria de aniquilar a réplica adversária.

Nos últimos jogos, coincidentes com a inclusão do maestro Ruben Micael, os Dragões vêm evidenciando uma melhoria prometedora.

A ambição está intacta e a esperança sobe.

Um abraço