sexta-feira, 4 de março de 2011

Nós é que somos os eneacampeões, mas queremos ser os decacampeões e mais nada.




2 comentários:

Armando Pinto disse...

É para ganhar e tirar o pio aos galináceos mouros - até para haver uma boa estreia do Hóquei na Porto Canal.

Quem puder, deve marcar presença no apoio aos nossos hoquistas!

Tiago Araújo disse...

Boa Tarde,

Uma primeira parte muito equilibrada entre duas equipas que lutavam por objectivos diferentes na presente temporada da I Liga. Os portistas, líderes isolados na tabela, procuravam aumentar vantagem sobre o segundo classificado, o Benfica, enquanto o Vitória de Guimarães, quinto classificado, procurava não descer mais para manter-se nos lugares de acesso às competições europeias.

O FC Porto foi a equipa com mais oportunidades de golo de todo o primeiro tempo mas também mostrou-se muito desconcentrada nos passes.

A melhor jogada deu-se ao minuto 27, com Belluschi a combinar bem com Alvaro Pereira e o uruguaio a surpreender a defesa minhota com um cruzamento/remate do lado esquerdo. Falcao também esteve perto do golo, dez minutos depois, num cabeceamento que permitiu a Nilson uma grande defesa.

O Vitória de Guimarães mostrou-se muito competente no meio-campo nos primeiros 45 minutos mas no segundo tempo não fez um único remate que levasse perigo à baliza de Helton.

No segundo tempo, os portistas entraram mais determinados e encostaram a equipa minhota junto da baliza de Nilson. Depois de várias tentativas, os Dragões conseguiram desfazer o nulo no marcador graças à perspicácia e talento de Radamel Falcao e James Rodríguez, ambos colombianos.

O primeiro golo do encontro aconteceu ao minuto 67, depois de um excelente passe de James Rodríguez a isolar o seu conterrâneo Falcao que na cara de Nilson encontrou o melhor ângulo para fazer balançar as redes.

Até ao final do encontro, o FC Porto fez de tudo para dilatar a vantagem e já para lá do minuto 90 Cristian Rodríguez, que entrou para o lugar de Varela no segundo tempo, fez o segundo golo para os portistas, num lance muito semelhante ao primeiro tento.

A oito jornadas do fim, o FC Porto continua isolado na liderança com 62 pontos, mais onze que o segundo classificado.

De relançar que faltam apenas 3 vitórias para sermos campeões e festejaremos o titulo na Luz.

http://campeoesfcporto.blogspot.com/