quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Cabeçada do "Incrível" inaugurou o marcador.

Caros portistas, o nosso FCP venceu o Nacional por 3-0, em jogo antecipado da 20ª Jornada do campeonato e ampliou, ainda que provisório, a vantagem sobre a concorrência para 11 pontos. Continuamos os líderes imbatíveis, tivemos um Hulk inspirado e completamente “Incrível” neste jogo marcou e deu a marcar, esteve impecável.

Na 1ª parte foi um colosso ver este FCP, e para aqueles menos crentes que só pensam que o “Incrível” só sabe jogar com os pés, e só tem força, aos 4' minutos, Hulk correspondeu, com um golpe de cabeça e inaugurou o marcador fazendo o (1-0), após uma assistência bem medida de Belluschi. Aos 33' minutos, na sequência de uma excelente jogada individual Hulk faz (2-0) o “Incrível” ainda não satisfeito, aos 45’ minutos teve o momento alto da noite de calcanhar isolou James Rodriguez, o colombiano bate Bracalli faz o (3-0) e este com uma nota artística de um "chapéu" bem medido, um golo fabuloso. Terminou assim a 1º parte com 3 golos sem resposta da parte do Nacional, que nem parecia o mesmo que nos fez recentemente a vida negra para a taça maldita.

Na 2ª parte com o resultado definido, o ritmo de ambas as equipas acabou por baixar um pouco, mas o domínio "azul-e-branco" manteve-se sempre até ao fim do jogo. Hulk até poderia ter chegado ao "hat-trick", após cabecear ao ferro superior da baliza de Bracalli, após cruzamento de Emídio Rafael na esquerda, assim como Fernando poderia também ter inscrito o seu nome no marcador do Dragão, a passe de Walter a desmarcar Moutinho na direita para o "baixinho" cruzar para a pequena área onde surgiu Fernando mas ligeiramente atrasado.

Hulk sozinho valeu mais que os ataques todos do Nacional, marcou com o U.Leiria, Olhanense, Paços de Ferreira, Marítimo, V.Setúbal, Rio Ave, Portimonense e Naval 1º de Maio. O incrível já tem 19 golos, o melhor em campo, Varela para mim também já esteve bastante melhor. Com este triunfo, o FC Porto cimenta assim a liderança e faz um jogo á Campeão, seguro, objectivo, sem erros, criativo, e com uma grande eficácia.

fotosdacurva



8 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma grande vitória do nosso clube.
Mais uma péssima arbitragem.
VIVA O NOSSO FC PORTO

dragao vila pouca disse...

Um Dragão empenhado, competente, com o espírito certo e a qualidade que está ao seu alcance, ganhou de uma forma indiscutível, mas por números lisongeiros para a equipa do Nacional.
Entrando forte, com um ritmo elevado, trocando bem a bola e atacando pelos dois lados, a equipa de Villas-Boas adiantou-se no marcador, com um golo de Hulk, de cabeça - coisa rara! - na alvorada da partida e deu o sinal claro que estava ali para ganhar, aumentar a vantagem pontual e, muito importante, jogar bem, compensando os seus adeptos - apenas 23. 212, digo-o com tristeza, mas este é um assunto que abordarei um dia destes -, que já andavam a reclamar, algumas vezes com toda a razão, da qualidade de jogo portista.

Conseguiu-o, principalmente a partir do dois a zero, com jogadas de fino recorte, triângulações de belo feito, golos com a mais fina nota artística, chegando ao três a zero e acabando com todas as dúvidas sobre quem ganharia o jogo. Pena que, depois do intervalo, onde salvo um ou outro momento em que atrás, os centrais resolveram ligar o complicador, o conjunto de Villas-Boas não transformasse em golos, jogadas tão ou mais bonitas que aquelas que lhe deram a vantagem, deixando assim, no ar, uma ideia errada que a primeira-parte teve mais qualidade que a segunda, o que, para mim, não foi verdade.
Estamos bem, a voltar ao nosso melhor, prontos a dar todas as respostas necessárias e enfrentaremos todos os obstáculos que teremos pela frente, com a certeza que não é com fanfarronice, grandes parangonas, campanhas sujas e negras que nos abatem.
O Dragão está forte, unido, com a vontade e o espírito correctos. E, quando o Dragão está assim, deita fogo e queima.

Um abraço

Revolta FCP disse...

Ontem foi um daqueles jogos para os quais eu ia á espera de tudo. Se por um lado acho que o Porto está claramente a subir de rendimento e apenas os que acreditam nas frases do Pasquim podem achar o contrário.

Continua a ser notória a falta de Falcão, mesmo com o Hulk a apurar o faro de jogador de área, sente-se claramente que cada vez mais o tridente deverá passar por James-Falcão-Hulk. Varela ontem demonstrou que não está na forma que tinha no principio do ano. (Vamos ver para a semana, diz-se que ele apura contra os vermelhos).

O Nacional foi uma equipa fraca, que pouco retaliação deu aos ataques do FCP.

Notas positivas para jogadores que estão em claro crescimento como Rafa e Jamez.

Nota ainda para o golo anulado ao Cebola limpinho.

Hulk - Se o Falcão faz falta, Hulk tudo tem feito para que o Porto siga em frente. E voltou a resolver, desta vez com um golo de cabeça (algo que não esperava ver do brasileiro) e com um tiro do "costume". Preocupa-me apenas que tenha 4 amarelos e que se levar o 5º na Taça da Liga não possa jogar com o Benfas... mas o André deve estar atento a estas coisas.

James - Está a crescer a olhos vistos este jovem. Dotado de uns pezinhos que são muito acima da média e a aprender a usar a "tola" em conjunto... Ontem marcou e viu-se que só serviu para aumentar a vontade de jogar. É daqueles que não joga por profissão... é um gozo jogar á bola e é um gozo vê-lo jogar.

Rafa - Está a surpreender-me este rapazola. Sou um crítico do sector defensivo do Porto, mas está a aguentar-se na substituição do Palito e a deixar o Fucile no banco. Continuo a preferir o Palito, mas é bom saber que temos alternativas.

Belluschi - Gostei do jogo do argentino ontem. Mais preciso, com atenção e com mais precisão nos passes. Gostava que fosse mais constante este rapaz, porque talento não lhe falta. Nada tem a ver com o jogador dos tempos do Jesualdo.

Defesa - Maicon e Rolando. Ainda está ali qualquer coisa que não funciona. Aquele passe para o avançado do Nacional arrepiou... ou então sou eu que já me habituei ao Otamendi...

Foi um jogo importante para o caminho do titulo. Estamos agora a 11 pontos e aumenta-se a pressão sobre os "bermelhuscos".

Agora é ganhar na taça da liga (sem Hulk) e venha o Benfas... (e venham mais cinco...)

P. Ungaro disse...

Bom dia,

Gostei do FC Porto de ontem. O nacional não veio com o autocarro e jogou com a mesma atitude que tinha feito aqui para o jogo da taça da liga, no entanto ontem fomos bravos, determinados e mostramos a nossa raça, com bom futebol, golos (para nós são sempre poucos) e com pormenores fantasticos de varios jogadores.
Destaco James ... um bravo, um lutador, que vai dar muito que falar.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem tivemos momentos de grande espectáculo. Grandes jogadas e pormenores individuais mágicos.

Fizemos um jogo seguro, inteligente, e na segunda parte o Nacional nada conseguir fazer para reagir.

Hulk foi incrível ... disputar bolas com Felipe Lopes no ar não é para qualquer um!!!

Destaco um jovem que muitos por vezes criticam, Rafa.
Emídio Rafael fez um jogo excelente, apanhou pela sua frente os dois mais perigosos jogadores do Nacional, Claudemir (3 golos na liga, defesa direito revelação deste campeonato, que sentou Patacas no banco) e Mateus. Conseguiu anular as acções destes dois adversários e ainda fez uma excelente assistência para Hulk que isolado falhou. Esteve bem a atacar e a defender, mostrando que está a ganhar o seu espaço.

Rolando foi mais uma vez imperial, Helton seguro.
Sapunaru muito bem a defender. Maicon melhor que nos últimos jogos. Fernando, Bellluschi e Moutinho excelentes.
Varela e James são um quebra cabeças para qualquer lateral.

Boa casa, com o público a apoiar.

Foi fantástico.

Abraço

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com

Armando Pinto disse...

Gostei da exibição, com passes arriscados, de modo a apanhar de surpresa o adversário, e a fazer pressing, enfim em mais uma boa prestação. Apesar de na 2ª parte não ter havido golos validados, pois houve um que foi mal invalidado, além da bola que foi ao ferro e algumas outras jogadas que podiam ter resultado, foi um bom jogo no seu todo.
Do que se passou em Vila do Conde, antes e durante, se fosse com o Porto mesmo em pequena escala, o que a comunicação social não dizia... Assim tudo como dantes...!
Mas voltando a nós, no fim de contas um aspecto merece também relevo: Hulk foi na verdade uma grande contratação, como muitos anos antes foi o Madjer, por exemplo, que andava quase escondido por França, etc.
E esta época, mesmo alguns nomes que pareciam de menos valia estão a revelar-se promissores, como no caso do Rafa, que começa agora a mostrar-se, pelo que se viu no jogo de ontém.
E, noutra vertente: Villas-Boas respondeu bem aos críticos de trazer por casa, aos jornaleiros e a Mourinho...
Abraço.
http://longara.blogspot.com/

Hintze disse...

Parece que o Porto se encontrou de novo com as boas exibições e com o bónus de ver jogadores como o Rafa e o James a crescerem.

reinododragao.blogspot.com

Dragaopentacampeao disse...

Finalmente um jogo bem conseguido do princípio até ao fim.

Agradável, com ritmo, com muitas oportunidades e nenhuma hipótese para o adversário.

Vencer e convencer. É este o lema que deve nortear os nossos atletas até ao final da época.

A um campeão não o basta ser, tem também de o parecer.

Um abraço