segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Não há melhor, começar a época conquistando o 70º caneco oficial.

Caros portistas, no início desta época futebolística 2011/2012, aqui escrevo um simples texto com a minha opinião de apenas alguns lances, e da prestação de alguns jogadores que mais me chamaram atenção. Começamos assim a jogar a doer e não há melhor maneira de começar a época conquistando a 18ª Supertaça com um bom teste, jogando contra o Guimarães que não é uma equipa nada fácil, o nosso mister VP fez alinhar de início Ruben Micael e Souza que estiveram muito bem principalmente Souza, o Fernando que se cuide pois tem aqui um concorrente, Hulk e João Moutinho estiveram imaculados, aliás aproveito e faço já reparo aquela magnífica jogada que ambos protagonizaram e que Rolando finalizou fazendo 1-0 um golo cheio de arte e talento, que começou num toque de calcanhar de Moutinho, continuou para um centro artístico de Hulk e acabou no cabeceamento de Rolando um golo perfeito. Estas e outras jogadas do género são como o pólen para as abelhas, um autêntico hino ao excelente futebol. Pelo meio é verdade que o V. Guimarães empatou, mas foi uma igualdade que durou apenas oito minutos. Rolando outra vez assumiu esta noite um papel de figura do jogo, desta vez com o pé, ao segundo poste solto de marcação, fez o 2-1 antes do intervalo e garantiu assim mais este triunfo do nosso FCP, mas Rolando também teve a sua falha e quase passava de bestial a besta, porque quase deu o empate a Maranhão, não fosse Maicon a estar atento e safando o empate que parecia certo, mas pela exibição que fez Rolando para mim foi um dos melhores em campo. E como a segunda parte foi um tanto monótona tiveram que entrar os reforços para animar a festa, embora que até ao apito final o marcador não sofreu alterações, o mister VP fez as seguintes substituições: Saiu Varela – Acho que Varela teve bem com umas arrancadas potentes e interessantes que causaram grande atrapalhação á defesa do Guimarães. Entrou Falcão - Deste pouco tenho a dizer, pois tem uma semana de treino tem que apanhar o ritmo, mas quem sabe não desaprende e pode ser que no próximo domingo faça o que mais gosta, marcar golos. Saiu Ruben Micael – Para mim teve apenas um remate a baliza que levava selo de golo mas foi ilusão de óptica, acredito que pode fazer muito mais e melhor. Entrou Guarín – Esteve muito longe das suas boas exibições, e da sua boa condição física. Saiu João Moutinho – Uma máquina imaculado parece que nem estamos no início de uma época, extraordinário jogador que um dia se sair do FCP, vai com certeza deixar saudades. Entrou Belluschi – Sempre com muita garra, ansioso por mostrar serviço, deveria ser mais aproveitado. De quem eu não gostei mesmo hoje foi de Kleber – Mastiga, mastiga e nada, tem algo de bom ou não, joga bem de costas para os, defesas, adversários, e tem uma boa rotação só lhe falta é controlar o timing certo para se enquadrar com a baliza, mas com o tempo ele aprende, outros mais trapalhões também aprenderam e hoje andam na boca do mundo. Venha o próximo jogo de domingo pois o objectivo é os 3 pontos.
          

2 comentários:

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem confirmamos o nosso favoritismo, vencemos o 70º. título OFICIAL da nossa história, e também fizemos história ao fazer o Tri nesta Supertaça.

Quanto ao jogo, dominamos e controlamos o mesmo com superioridade, diante de um adversário valoroso e lutador.

No computo geral os jogadores estiveram bem, sendo que sobressaíram Hulk pelos desequilíbrios constantes, e Rolando pelos 2 golos apontados.

Notas também de realce para Maicon, Fucile, Moutinho e Ruben, que efectuaram uma exibição positiva.

Souza teve momentos bons e maus. Era capaz de um excelente corte na transição adversária, como depois fazia uma asneira de todo o tamanho. Continuo a achar que Castro seria a opção certa.

Kleber e Varela estiveram mais apagados, fruto da marcação cerrada de que foram alvo. Este Vitória aprendeu com o final da Taça e Portugal e foi bem mais prudente.

Realce para os regressos de Guarin e Falcao, que desejamos que permaneçam nesta equipa, que este ano pode almejar grandes conquistas.

Péssima arbitragem de Pedro Proença, que felizmente não teve influência no resultado.

Excelente presença humana nas bancadas, com os nossos adeptos brilhante no apoio à equipa, e a comemorarem mais este título com a equipa.

Abraço e boa semana

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.com

P. Ungaro disse...

Boas,

O jogo de ontem não foi propriamente um jogo de encher o olho, a espaços ate sonolento, no entanto dominamos o jogo do principio ao fim. Mais uma vez e como ja tinha previsto o destaque vai para o arbitro com 3 !!! grandes penalidades não assinaladas sobre Ruben, Hulk e Falcão ... Nova epoca velhos habitos.
Resumindo e concluindo temos que melhorar em termos exibicionais mas a verdade é que temos mais um caneco para o museu.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/